Procura por seguros de imóveis aumenta no período de férias de julho.

Na tentativa de combater os prejuízos resultantes da criminalidade, o seguro é imobiliário sempre é visto como a melhor opção.

Mês de julho é marcado pelas folgas escolares e viagens em família, mas nessa época a atenção com a segurança da casa redobra por conta do perigo eminente presente nas residências vazias. Sabemos que apenas grades e câmeras nem sempre são eficazes na hora de combater os furtos. A procura pelo seguro sobe cerca de 10% nessas épocas do ano, comprovando que se prevenir é a melhor opção.

Diversas famílias recorrem a seguradoras para se precaver contra furtos e amenizar o prejuízo. Entre as vantagens do seguro estão: coberturas de incêndio, danos elétricos, entre outros. Alguns cuidados como avisar um vizinho de confiança para ficar de olho na residência, cancelar temporariamente a entrega de correspondências para que não se acumule na porta e dê impressão de abandono, evitar postagens em redes sociais, além de reforçar trancas e cadeados também pode ajudar.

O grande benefício é visto principalmente no bolso, os valores com aparelhos eletrônicos como câmeras, alarmes e cercas elétricas são bem maiores do que os gastos com contratos de seguro anual, além da segurança que o morador tem de ser ressarcido pelas perdas. Os valores do seguro variam de acordo com localização, compra e aluguel do imóvel.